Fale Conosco, Ligue: (48) 3466-0533
Ouça ao Vivo
20/09/2022  às 17hs33

Quando a música acalma diante das perdas

Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

Acompanhar o desenrolar de um passeio pelo terreno das lembranças é o convite que o escritor Paulo Roberto Simas faz para o leitor em Ao piano, romance de estreia publicado pela Editora Penalux. Narrada em primeira pessoa,a obra conta com 42 capítulos curtos, escritos com fluidez para serem lidos em um dia.

Após socorrer o amigo Hall, levando-o para um hospital, Robert também se sente mal e desmaia. Quando desperta, ele descobre que ficou em coma por 24 dias e que seu melhor amigo, Hall, faleceu. Diante do luto, o protagonista é surpreendido por diversas mensagens do falecido.

Lendo o conteúdo, Robert percebe que as histórias daquelas páginas são as mesmas que ele viveu durante o período em que estava adormecido. Incrédulo, inicia uma busca por respostas, tentando encontrar uma explicação. Com o desejo de acalmar ocoração ansioso por explicações pela triste partida, Robert procura as pessoas para as quais as mensagens de Hall se direcionam.

Neste processo de entender o que aconteceu durante seu coma, ele não está só: tem a companhia de seu novo piano. A música o acorda para o amor pela vida e torna-se essencial para a ressignificação deste momento dolorido. As notas emitidas pelo instrumento dão força para que ele siga em frente na caminhada ao lado de quem ainda está por aqui no plano terreno.

“A vida passa como o vento e as lembranças são imensas, e, boas ou ruins, foram parte de nossas vidas. Quantas lembranças gostaríamos que voltassem, quantas gostaríamos que nunca tivessem acontecido, quantas gostaríamos que mudassem. Despassar muitas delas seria interessante, mas valeria a pena?”

(Ao piano, p. 70)

Em Ao Piano,Paulo Roberto Simas retrata com muita delicadeza uma história inspiradora de superação. Em tempos de tantas perdas por conta da pandemia, violências urbanas, desastres naturais e doenças da mente e da alma, esta leitura serve como conforto para aqueles que se sentem inconsolados e buscam significado nos vazios deixados pela morte.

Sobre o autor

Paulo Roberto Simas nasceu em 1960, no Rio de Janeiro. Morou em Belém do Pará, Manaus, Belo Horizonte, Barbacena, São Paulo e Recife, em virtude de uma longa carreira militar. Formado em Direito, descobriu durante a graduação a paixão pela leitura e o interesse pela escrita. É autor da coletânea de contos “Anuviando” e do romance “Ao Piano”.


 


...