Fale Conosco, Ligue: (48) 3466-0533
Ouça ao Vivo
09/09/2022  às 19hs54

Jornal da Guarujá entrevista Jorge Boeira, candidato ao governo do estado

Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

Jorge Catarino Boeira é engenheiro mecânico e empresário, foi professor na Escola Técnica Federal de Santa Catarina e, por quatro vezes, deputado federal.

Numa conversa descontraída Carlos Della Justina perguntou quem é Jorge Boeira, por Jorge Boeira? O Candidato atribuiu toda a sua história à educação. “Venho de uma família simples, como a maioria dos catarinenses e sou resultado da educação, tive a oportunidade de estudar, sempre em escola pública e tive a oportunidade de cursar Engenharia Mecânica. Minha vida foi construída a partir do curso que fiz”.

Eleito por quatro vezes deputado federal, Jorge Boeira ressaltou que em cada um de seus mandatos, controlou rigorosamente os gastos do gabinete e esteve entre os primeiros do ranking de parlamentares que menos utilizaram o dinheiro público para exercício de suas atividades. “Nunca fui político de carreira, pra mim foi uma honra ter sido deputado federal, representar a região sul, representar Santa Catarina”.

Boeira destacou ainda sua repulsa com quem desvia dinheiro público. “Tenho nojo de quem desvia dinheiro público. Porque está desviando exatamente daquele cidadão, tirando da saúde, sem respirador mata e, se tirar o dinheiro da educação, mata o sonho das pessoas”.

Seu trabalho na Câmara Federal foi pautado, pela defesa da educação pública e de qualidade, foi o responsável pela interiorização da UFSC. Já na área da educação profissionalizante, mais recursos indicados por Boeira tornaram possível a instalação do Instituto Federal de Educação em Araranguá e em Tubarão.

O apresentador do Jornal da Guarujá perguntou sobre a implantação de projetos de interiorização da UFSC, realizados por Boeira enquanto deputado federal e a importância de proporcionar àqueles menos favorecidos, um curso de graduação. “Sou resultado da educação, nenhum país no mundo cresceu sem sólidos investimentos em educação. Aprendi no Congresso Nacional que não existe nenhum tema que tenha prioridade em relação à educação, nem mesmo os problemas de origem econômica. Lugar de criança é na escola, na creche em tempo integral. É na possibilidade de garantir que o jovem permaneça na escola, e não se tenha uma evasão de 66 mil jovens como no ano passado” respondeu o candidato.

Se eleito governador do estado, Jorge Boeira vai criar uma bolsa cidadã, para que cada aluno da escola pública possa permanecer estudando.

Segundo Boeira, não se pode falar de investimentos em educação, saúde e infraestrutura sem falar em crescimento econômico. “O Estado precisa acompanhar o desenvolvimento e crescimento do setor privado. O catarinense não consegue mais progredir, a partir do momento que o estado não cumpre com o seu papel. Precisa de um estado que resolva seu problema de logística, de estrutura, mas principalmente de qualificação pessoal e profissional”, frisou o candidato.

Jorge Boeira também não poupou críticas à gestão do atual governo na área da saúde no enfrentamento do COVID, e com a falta de leitos infantis.

Sobre a política de modo geral, Boeira, frisou que há candidatos que se apresentam como políticos de carreira, diferente dele que se apresenta com uma alternativa para o eleitor, alguém que tem o sonho empreendedor e que tem experiência de entender o funcionamento do estado como um todo.

“Queremos trazer um novo jeito de gerir o estado, sobretudo, maturidade, experiência, nos valores que a gente traz do trabalho, da família, da religião. Posso contribuir muito com os catarinenses, a partir da experiência adquirida ao longo desses anos de mandato enquanto deputado federal”, finalizou Boeira que é candidato pelo PDT.

Acompanhe a entrevista completa através do perfil do facebook:  https://www.facebook.com/guaruja929fm/videos/838584567508974


...