Fale Conosco, Ligue: (48) 3466-0533
Ouça ao Vivo
08/06/2017  às 10hs36

Prefeito de Pedras Grandes projeta funcionamento da internet rural em 90 dias

Foto: Stephanie Piava | Arquivo/Rádio Guarujá

Foto: Stephanie Piava | Arquivo/Rádio Guarujá

Apesar das dificuldades de instalação das antenas em função das chuvas, a expectativa do prefeito de Pedras Grandes, Vilson Tadeu Marcon, o Xixo, é de que a internet rural comece a funcionar por completo no município dentro de 90 dias. No momento, duas antenas foram instaladas, mas o tempo chuvoso que afeta a região há praticamente 15 dias fez com que o trabalho fosse paralisado.

O prefeito ponderou que a projeção depende das condições do tempo e que o prazo apresentado é elástico. “Está bem encaminhado, pena que assim que terminaram de colocar duas antenas, começou esse tempo ruim e eles não conseguiram levar a construção adiante. Assim que o tempo firmar, eles terminarão com as quatro antenas, cinco contando com a prefeitura”, afirmou Xixo, em entrevista por telefone à Rádio Guarujá na manhã desta quinta-feira, dia 8.

Esse projeto é oriundo do programa SC Rural e visa disponibilizar internet gratuita num período de dois anos para os agricultores de Pedras Grandes – depois deste prazo, a responsabilidade passa a ser do município. As torres serão instaladas nas comunidades de Santaninha (Morro da Antena), São João, Santo Antônio, Alto Pedrinhas e Centro.

Segundo Xixo, o investimento total é de R$ 485.600. Pedras Grandes, é um dos 11 municípios catarinenses beneficiados pelo projeto.

Recursos na saúde e agricultura

Além da situação da internet rural, Pedras Grandes recebeu boas notícias para a agricultura e saúde. O município foi beneficiado com recursos na casa dos R$ 200 mil, sendo R$ 100 mil para cada área. Na saúde, o valor será investido na reforma do Posto São João, enquanto na agricultura, será para insumos agrícolas.

Segundo Xixo, a deputada federal Geovania de Sá (PSDB), que foi quem liberou esses recursos, estará na Prefeitura de Pedras Grandes às 17h30min desta quinta-feira, entregando o ofício que oficializa a chegada desses recursos.

Ouça abaixo a entrevista completa:

Eduardo Madeira